Após a filiação do presidente Jair Bolsonaro ao Partido Liberal (PL) ser oficializada nesta terça-feira (30), Thammy Miranda, eleito pelo partido nas eleições municipais de 2020, anunciou ainda na noite de terça que vai deixar a sigla. A decisão foi informada em um vídeo gravado gravado em uma rede social 

– Com a ida do presidente para o Partido Liberal, eu estou dando entrada na minha desfiliação, eu vou sair do partido. Temos ideias diferentes, já sofri ataques pessoais de membros da família do presidente, inclusive, contra o meu filho quando ele era um recém-nascido – afirmou.

Bolsonaro se filiou ao partido na manhã desta terça-feira (30). A cerimônia aconteceu em Brasília e contou com a presença do presidente da sigla, Valdemar Costa Neto, de integrantes do governo, além de filhos do presidente, como o senador Flávio Bolsonaro, que assim como o pai também se filiou à legenda na ocasião.

A eleição de Thammy Miranda para a Câmara Municipal de São Paulo ocorreu no pleito municipal de 2020. Na ocasião, o parlamentar recebeu um total de 43.321 votos, o equivalente a 0,85% dos votos válidos para o cargo na capital paulista.

*Pleno News