A emoção tomou de conta do jantar oferecido pelo presidente Jair Bolsonaro a seu indicado ao Supremo Tribunal Federal (STF), André Mendonça, na noite de terça-feira (30), véspera da sabatina dele na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, que ocorre na manhã desta quarta-feira (1°). O evento teve a presença de ministros do governo, parlamentares e líderes religiosos

De acordo com a colunista Malu Gaspar, do jornal O Globo, Mendonça disse durante o jantar que horas antes estava no gabinete do senador Mecias de Jesus (Republicanos-RR) e recebeu uma chamada de vídeo de pastores que oravam por sua sabatina no alto do Monte Roraima.

Ainda segundo a publicação, ao final do encontro a primeira-dama Michelle Bolsonaro abraçou Mendonça e ficou bastante emocionada. Fotos publicadas nas redes sociais de participantes do jantar mostraram o rosto de Michelle com sinais de que ela realmente estava chorando. Durante o encontro, pastores ainda oraram e cantaram o hino “Grandioso és tu”.

Entre os ministros presentes no jantar estiveram Damares Alves (Família e Direitos Humanos), Onyx Lorenzoni (Trabalho), Fabio Faria (Comunicações) e Milton Ribeiro (Educação), Paulo Guedes (Economia), Flávia Arruda (Secretaria de Governo), Ciro Nogueira (Casa Civil), Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional), Wagner Rosário (CGU) e Anderson Torres (Justiça).

*Pleno News