A deputada federal Carla Zambelli revelou durante entrevista de rádio ter pretensões para além da Câmara. A parlamentar explicou mirar uma vaga no Senado para lutar pelo impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Se eu tivesse que escolher hoje, eu escolheria ir para o senado pois é onde o impeachment dos ministros do STF acontece. Eu gostaria de poder mostrar os crimes que eles já cometeram para sofrer cassação – afirmou ela, em conversa com a Rádio Massa do Paraná.

A declaração ocorreu após Zambelli ser indagada sobre qual nome ela gostaria que fosse indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para suceder o ministro Marco Aurélio Mello, que se aposenta no dia 5 de julho. A deputada preferiu não levantar hipóteses acerca do novo nome, mas insistir na destituição dos antigos.

A primeira indicação de Bolsonaro à Suprema Corte aconteceu em 2020, com a saída do ministro Celso de Mello. O presidente optou por apoiar o desembargador Kassio Nunes Marques, que assumiu a vaga em 5 de novembro.

Fonte: Pleno News